Crítica: Ted (2012)

segunda-feira, 22 de outubro de 2012


Algumas semanas depois da estreia, finalmente fui ver Ted, uma comédia politicamente incorreta que, apesar de ter levantado algumas polêmicas, tem conquistado milhares de fãs justamente por esse humor ácido - típico de Seth MacFarlane, criador da série Family Guy - residir na carismática figura de um ursinho de pelúcia.



O filme começa contando sobre como John Bennett, um garoto sem amigos vê seu urso Ted ganhar vida, e como esse urso, presente em todos os momentos desde então, torna-se seu melhor amigo. Vinte e sete anos mais tarde, John (Mark Wahlberg) ainda age com a imaturidade de um garoto, tendo um emprego mediano, despreocupado em relação ao futuro e claro, sempre ao lado de seu ursinho de pelúcia, que veio a se tornar um "adulto" tão irresponsável quanto ele. Acontece que ao mesmo tempo em que John não quer saber de grandes responsabilidades, ele mantém um relacionamento sério com Lori (Mila Kunis), uma mulher bonita e inteligente, bem sucedida no trabalho e que se vê com problemas no namoro por eles estarem juntos há quatro anos e John ainda não ter falado em casamento. É graças a essa crise de relacionamento que John deve decidir quanto a levar uma vida mais madura, ou continuar as voltas do Ted.

O mérito do filme é que essa história (por mais absurda que pareça) situa-se em um contexto absolutamente crível e que dá espaço para várias situações diferenciadas, desde dialogar sobre uma crise de relacionamento até o sequestro realizado por um grande fã do ursinho. O grande problema ao meu ver, é que por mais que as situações tenham sido inusitadas ou se enquadrem perfeitamente ao roteiro do filme, parece que o verdadeiro objetivo do filme em si seja simplesmente ser palco de piadas. É claro que é uma comédia e o propósito é fazer as pessoas rirem, mas a ideia que tive em algumas cenas foi simplesmente alguém pensando em "o que Ted pode falar para tornar essa situação mais engraçada", ou pior, "que situação eu posso utilizar para essa frase". Digamos que em muitas cenas, tive a impressão de que fizeram o filme para as piadas, e não as piadas para o filme.



Quanto à comédia, é impossível assistir o filme e não rir, mas eu acho um grande exagero dizer que Ted é a melhor comédia do ano. As piadas não são geniais, só são engraçadas porque o responsável pelas tiradas sarcásticas é um ursinho de pelúcia. Aliás, mesmo tendo a desculpa de ser "humor negro" retrataram alguns assuntos delicados de forma bem leviana, como as drogas. John e Ted passam boa parte do filme fumando maconha, e isso não contribui para uma mensagem ou um acréscimo importante na história - está simplesmente para "ser engraçado". Desnecessário.

Apesar de ter uma boa trilha sonora, história de fundo e bons atores, Ted é um filme que achei engraçado e talvez eu reveja quando estiver passando na tv. Aliás, se esse for o caso, talvez seja preferível substituir uma hora e quarenta e seis minutos de duração por um episódio de Family Guy, já que encontro o mesmo humor ácido que no fim, é o carro-chefe do filme. É verdade que o Ted é divertido e agradável para se ver com os amigos, mas por ser um filme comercial, chega a ser muito superficial em vários aspectos. Pelo menos tem o Sam Jones (Flash Gordon) no papel dele mesmo.

Postagens relacionadas

18 comentários

  1. Ainda não vi xD mas deve ser engraçado affu, mas veja, se a questão do filme é o amadurecimento talvez não seja tão ruim assim não é verdade? Não que você tenha dito que o filme é ruim mas há quem diga. Parabéns pelo post madrinha continue assim...(PS:Por que você não comenta meus posts? ¬¬ Te amo S2)

    ResponderExcluir
  2. Não fazia ideia que o filme tinha participação direta do Seth =O mas pelo que tu diz nessa crítica o filme me lembra muito o seriado Wilfred (onde também há um animal que fala e fuma maconha com seu "dono" XD) que, na minha opinião, é uma completa merd*. Isso somado com o que tu diz aqui me faz entender mesmo que é só um filmezinho ~sessão da tarde~ pra dar umas risadas, sem nada demais...

    ResponderExcluir
  3. Ainda não assisti, tambem mas acredito que seja mesmo o que o Bruno falou a temática, mas não concordo com essa abordagem do humor acido porque muitas pessoas são alheias.

    ResponderExcluir
  4. Bom...

    CONVENHAMOS que um filme em que um ursinho FALA com um marmanjo não tem o menor potencial para transmissão de mensagens engrandecedoras, né?
    Mas tenho vontade de assistir a esse filme porque o Markzinho é muito gostoso ♥

    ResponderExcluir
  5. Acredita que ainda não assisti esse filme?? Agora só estou com mais vontade de ver, haha.
    Beijinhos!

    Ann
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Comecei a assistir o filme online, mas não terminei. Ninguém queria assistir no cinema comigo u.u' Mas achei o inicio bem engraçadinho, quero assistir todo. Adoro o Mark desde Max Payne.
    Beijos e boa semana <3

    ResponderExcluir
  7. Que blog lindo, adorei os posts e o nome dele me chamou muito a atenção. Pois meu sobrenome é "Kawai",sou de família japonesa e moro no Japão. Blog: http://nicolekawai.blogspot.jp/<3

    ResponderExcluir
  8. Quando vi o trailer achei que seria mesmo engraçado, por causa do urso. Ainda não assisti, mas estou com vontade. E adorei a forma como descreveu o filme.
    bjoks

    ResponderExcluir
  9. UAHEUHUAUHEAUEAUEA Adoro filmes de comédia que realmente são engraçados, mas acho que só veria se fosse na TV também.

    Beijos,
    Sim Senhorita (Clique no perfil)

    ResponderExcluir
  10. Eu quero ver este filme, me parece engraçado! Gostei muito da forma como falou dele num todo, colocando pontos negativos e positivos, o que nos ajuda na hora de decidir se vamos ver ou não, enfim! hahah,
    beijos, querosergringa.blogspot.com :3

    ResponderExcluir
  11. gostei da critica,ainda não vi esse filme, quero ver só por causa do Ted(eu tinha um parecido com ele) rs
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Olha, eu não senti a menor vontade de ver esse filme. Nem acompanhei quando saiu, meio que nem vi, haha. Agora então.... Fica sendo um filme para assistir quando passar na TV aberta (:


    ;*

    ResponderExcluir
  13. Engraçado que fiquei com essa impressão do filme, mesmo sem ter assistido!
    Mas, quero ver mesmo que family guy seja melhor. Acredito em você! o/ Mas, é tanta polêmica que a gente fica curioso.. :P

    Depois, como sempre, volto pra dizer o que achei! o/

    ;*

    ResponderExcluir
  14. Quando vi o trailer eu pensei que o filme ia ser ruim, outra comédia besta... mas no fim eu gostei bastante :)

    ResponderExcluir
  15. Parece ser legal o filme, mas não muito engraçado mesmo, preciso assisti-lo (:
    adorei o blog flor.
    beijão
    croquidemoda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. eu assisti e não vim um pingo de graça

    ResponderExcluir
  17. assisti com namorado, vi só 50% do filme, hahahaha mas gostei do que vi, apesar de não ser uma comédia inteligente. boa crítica :D

    ResponderExcluir
  18. Ótima crítica, levou bloquinho de papel e caneta no dia do cinema? -q
    Sério, porque conseguiu observar vários pontos que de primeira não pensamos.

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun