Resenha: Morte Súbita

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013



Como prometido, aqui estou eu resenhando Morte Súbita, o mais novo livro da aclamada J.K Rowling. Por se tratar de uma escritora que mudou a vida de muitas pessoas com a série Harry Potter, foi criada muita expectativa em torno desse livro e também, receio de Morte Súbita não estar ao nível esperado. E é com alegria de fã que posso afirmar que J.K Rowling não me decepcionou.



Morte Súbita tem como palco Pagford, uma pequena cidade que por mais idealizada que seja, abrange inúmeros conflitos e questões sociais. Todos esses conflitos vão à tona com a morte de arry Fairbrother, cujo falecimento não só atinge aqueles diretamente relacionados com a sua pessoa, como sua esposa e a impetuosa adolescente Krystal, mas também o quadro político daquela comunidade, já que havia então uma vacância no Conselho que passou a ser disputada por três pessoas com interesses diferentes. Dentre os assuntos a serem tratados pelo Conselho, os mais polêmicos eram o fechamento de uma clínica de reabilitação, que "não apresentava bons resultados", e a ligação de Pagford com Fields, um bairro marginalizado com suas casas mal cuidadas e usuários de drogas, características que certamente os cidadãos decentes de Pagford gostariam de manter distância. Curiosamente, os cidadãos 'decentes' estão cada vez mais envolvidos em suas intrigas pessoais, e a morte de Barry não apenas serve para impulsionar diversos acontecimentos na vida dessas pessoas, mas também, para dar voz a cada um de seus defeitos.

Muitos reclamam da leitura ser um pouco arrastada no início, mas o motivo disso é que as primeiras páginas servem para nos apresentar ao grande número de personagens. Os personagens são - propositalmente - odiosos, mas muito bem construídos. Desde Samantha, a mulher fútil que passa o tempo todo bebendo e desejando ser adolescente, até Terri Weedon, que tem como objetivo livrar-se da heroína, todos os personagens são muito bem estruturados e é possível entender a sua história e o porquê de agirem assim, colocar-se no lugar deles. Seja na casa dos médicos Jawanda ou nos verdadeiros casebres de Fields, há problemas envolvendo toda a sociedade, como sexo, drogas, bullying e desrespeito, tanto entre casais quanto entre famílias. Com isso, sentimos repulsa de personagens como Bola Wall e pena da tímida Sukhvinder. Assim como ao Barry, uma das personagens que me cativou foi a malcriada Krystal, que me fez torcer para um final feliz para a menina.



Como o livro trata de temas mais maduros de uma forma bastante crua, isso pode chocar alguns leitores, mas acredito que esse choque aconteça apenas quando se tem em mente que a autora apenas quer mostrar que sabe escrever livros "para adultos". Não acho que seja o caso, visto que todos os assuntos estão de certa forma interligados no livro e de qualquer modo, J.K Rowling não precisa provar nada. Pessoalmente, me irritei menos com os palavrões do que com as inúmeras referências ao Facebook e à música Umbrella, como que para lembrar que a história não se passava em Hogwarts e que aquele era o nosso mundo. Não existe coisa mais distante de Hogwarts, não precisava da Rihanna constantemente me lembrando disso.



Mais uma vez, J.K Rowling escreveu um livro de narrativa envolvente e personagens interessantes. Mesmo com o início meio lento, que nos prende apenas pelo desejo de conhecer os personagens, Morte Súbita empolga mais a cada capítulo de modo que acabamos ansiosos com o destino dos moradores e da pequena cidade de Pagford. Infelizmente, ela não perdeu a mania de matar meus personagens preferidos e infelizmente, o livro não é tão genial quanto Harry Potter e não o considero uma leitura marcante, mas sim, agradável e altamente recomendada.

Postagens relacionadas

25 comentários

  1. ai, sou louca para ler esse livro.
    PS: PLEASE! não compre um carro, vá viajar para a Holanda, Vietna, EUA, Turquia, Grécia, qualquer lugar! haha
    PS 2: vou te adicionar no skoob ^^

    ResponderExcluir
  2. Estou doida para ler esse livro. Fui em uma livraria e o encontrei aos montes (já que está virando best seller), mas estou cheia de livros para ler. Então quando eu os terminar vou comprá-lo com certeza para ver o que J.K Rowling (minha rainha) está aprontando agora... haha
    beijos

    modaetutorial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Comprei esse livro justamente pra ver como a Rowling é escrevendo livro de gente grande. Certamente espero ler algo totalmente fora da realidade de Hogwarts, algo bem maduro e intrigante, apesar da Rihanna....

    ResponderExcluir
  4. O maior problema de escrever um livro extremamente bom, é que nem sempre se consegue superar as expectativas dos leitores no próximo livro. Eu não li os de Harry, mas a reputação é inegável. Também não li Morte Súbita, mas creio que seja muito bem elaborado, não só pelo o que você disse, mas também pela grande fama que a autora tem.
    Até breve

    ResponderExcluir
  5. Eu estava pensando em ler já que dizem que é diferente de HP, porque eu não gosto muito, mas inda estou esperando a minha vontade aumentar haha'

    ResponderExcluir
  6. Parece ser bom. Mas ultimamente to com uma preguiça de livros.

    Tá rolando sorteio no meu blog, confere lá depois!
    shelikesrockn-roll.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi ^^

    Por mais que sejam apenas palavras, livros desse gênero me assusta mais do que filmes de terror e suspense kkkk =/

    Aguardo sua visita. Estou seguindo =)

    Beijos =*

    http://www.girlsupimpa.com/

    ResponderExcluir
  8. Menina, como você resenha bem! Eu tenho visto tanto sobre esse livro que não consigo mais ficar indiferente, não era uma grande fã de Harry Potter, embora tenha assistido todos os filmes e queira ler todos os livros, talvez Morte Súbita esteja mais para mim agora, que estou na fase dos livros adultos. Achei ótima sua opinião, me incentivou.

    Heart Sugar Cubes

    ResponderExcluir
  9. Eu estou louca pra ler Morte Súbita!Morte súbita e a culpa é das estrelas!
    Ah, deixei dois selos pra vc no blog! Espero que não tenha recebido ainda e que goste!!
    Beijos!!

    http://mysensesbepraised.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu acho super bacana a JK escrever um livro mais maduro! Isso é muito bom ♥

    Beijos e bom domingo ♥

    Sugar Dance (clique no perfil para visitar)

    ResponderExcluir
  11. Nem me fale desse livro estou louca para ler u.u

    faz uma visita?
    http://peoplecrazystipoeu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu estou louca pra ler este livro, parece ser muito bom, e já ouvir muitas pessoas falando bem dele.

    xoxo, Thaay
    http://www.chovendoalgodaodoce.com

    ResponderExcluir
  13. amei o livro achei legal você falar da música, tinha toda hora na trama.
    também fiz uma resenha do livro:
    http://donnaflaviaa.blogspot.com.br/2013/01/resenha-morte-subita.html

    aguardo sua visita e comentário.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. AAH nunca tinha escutado nada sobre esse livro mas adorei sua resenha e já me interessei *o*
    PS: amo de mais essa música dos beatles.
    http://coisas-doacaso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia... E pelo jeito deve ser uma leitura bem perturbadora! Adorei sua resenha, você escreve de um jeito diferente. Vou procurar esse livro.

    Beijos
    http://delicadaeegoista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Curti a resenha, vou falar pro meu irmão ler, não sou muito fã desse gênero. É bom mudar o estilo, pena que esse livro tende a ficar na sombra de Harry Potter :/

    ResponderExcluir
  17. Primeiro: você tem que assistir A Viagem de Chihiro de novo! :D

    Segundo: Aaaah... quero ler esse livro!! Hhaiuhoai
    Mas, tenho uma meta de só comprar um livro novo depois que terminar de ler 3 dos que tenho em casa! Por isso, não comprei ainda. :/
    Mas, vou lê-lo e digo o que achei depois!
    Sobre "Os Homens que não Amavam as Mulheres", não assisti ao filme e não sei o que você não gostou nele, mas posso dizer que o livro é muuuito bem escrito! Vale a pena ler só pela forma como o autor conta a história e apresenta cada personagem. Ele é incrível e se lançar mais livros, lerei com certeza! :D
    Quando terminar, faço resenha sim, prometo! :)

    Estou devendo pra mim mesma, uma resenha do "A insustentável leveza do ser", mas parece que não vou dar conta da complexidade do livro em uma resenha! :P

    ;***

    ResponderExcluir
  18. Olá, você é de São Paulo? Você gostaria de participar de uma discussão sobre o livro Morte Súbita da J.K. Rowling na sede da Saraiva Conteúdo em São Paulo para um vídeo para o site? Se sim, é só me contactar por laissadbm@hotmail.com. Beijos

    ResponderExcluir
  19. Estou com muita vontade de ler, apesar de estar com um certo receio de "Vou ler um livro da Jô sem nenhuma magia", mas tenho vontade de ler, pelo menos pra conhecer esse "outro lado" da J.K.
    Resenha muito boa!
    http://lighting-moon.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Ooi, bom primeiro que eu amei mesmo sua Resenha sobre esse livro, sempre tive vontade de ler, e agora tenho mais ainda! Ah, e eu acabei de criar meu blog, no momento não tem muita coisa, mas se você puder seguir eu agradeço muito ! www.mywonderland-gabi.blogspot.com Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Ooi!
    Li esse livro há um tempo e preciso urgentemente reler. Adorei sua resenha, simples e bem construída, falando tudo o que o leitor precisa saber :)
    Krystal foi minha personagem favorita, ao final não consegui culpá-la por seus atos e não esperava aquele final, acho que a JK soube fechar com chave de ouro.
    Bem, é isso haha.
    Beijo.
    Choque Literário

    ResponderExcluir
  22. Ainda estou relutante a ler esse livro pois ainda não consigo enxergar a J.K escrevendo livros que não sejam estilo Harry Potter. kkkkk
    Mas ainda vou ler!!! Prometo

    ResponderExcluir
  23. Curto muito esse livro e, confesso, foi o único da J.K que eu li.

    Acho que o grande ponto dele é o fato de ter uma morte e o livro não ser sobre um mistério, e sim sobre política.
    A ausência do Barry Fairbrother nos faz lembrar que o poder não aceita vácuo, e todos os interesses mais mesquinhos aparecem em uma classe média metida a besta. É bem legal mesmo.

    Ótimo livro.
    Ótima resenha.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  24. Eu sempre quis ler algo da JK ROULING além dos livros do HP esta na minha lista das minhas provaveis leituras.
    xoxo

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun