Crítica: Guardiões da Galáxia

terça-feira, 12 de agosto de 2014



Quando pensamos na Marvel, logo nos vem à mente heróis como Homem de Ferro, Homem Aranha e X-Men, sobretudo pelas suas adaptações ao cinema. Quem diria que a esse quadro se uniria um grupo de heróis tão inesperado? É com curiosidade de recepcionar esses heróis que assisti Os Guardiões da Galáxia, novo filme da Marvel.



Os créditos iniciais já denunciam o ritmo do filme: Peter Quill (Chris Pratt) é um bem-humorado e animado saqueador, abduzido da Terra quando criança e que anos mais tarde rouba uma esfera almejada por Thanos e por seu aliado Ronan (Lee Pace), que busca o objeto. Para isso, Ronan manda Gamora (Zoe Saldana) interceptar Peter Quill, mas em uma confusão envolvendo a alienígena, o humano, o vegetal Groot e o não tão simpático (mas cativante) guaxinim Rocket Raccoon, todos acabam sendo presos. Junto do demolidor Drax (Dave Bautista), o grupo tenta escapar da prisão, unido por algo além dos seus interesses individuais e enfrentando várias situações para impedir que a esfera caia nas mãos de Ronan e o planeta Xandar seja destruído.



Em primeiro lugar, apesar do termo empregado os Guardiões da Galáxia não são inicialmente heróis: Rocket e Groot são caçadores de recompensa, Gamora é uma assassina profissional, Quill é um saqueador, todos são aventureiros solitários de personalidades e profissões duvidosas. Isso implica em muito sarcasmo, frases inapropriadas e situações que caracterizam o lado comédia do filme, além da facilidade de simpatizar com os personagens. As músicas também foram muito bem escolhidas e dão um ritmo leve no geral, exceto pela excelente batalha intergaláctica ao som de Cherry Bomb, que por sua vez tem efeitos especiais dignos de um filme no espaço.



O visual dos personagens e cenários lembram muito o que vimos em filmes como Star Wars ou Star Trek, sendo eficientes mas não se destacando. Fora isso, o filme tem exatamente os mesmos ingredientes que qualquer filme de super-herói: muitas cenas de ação mescladas com um humor irônico próprio dos personagens. Infelizmente, esse humor fica um tanto forçado em algumas cenas (distrair o vilão?) e preocupa o fato do filme se estender por duas horas, principalmente quando de cinco em cinco minutos ouvíamos um “eu sou Groot”. Na verdade, é elogiável a iniciativa de dar maior visibilidade a heróis alternativos da Marvel trazendo-os ao cinema, mas apesar dos significativos ganchos para Vingadores 2, Guardiões da Galáxia em si não tem nada demais, sendo bem feito como entretenimento, mas também sendo “mais do mesmo”.



Guardiões da Galáxia é um clássico filme de super-heróis, com protagonistas carismáticos, guerras espaciais, um vilão poderoso e a missão de salvar o mundo. Despretensioso, divertido e animado, Guardiões da Galáxia é um filme honesto que não emociona e nem explora de forma significativa seu enredo e personagens, mas cumpre seu papel na nova fase dos filmes da Marvel.

Postagens relacionadas

15 comentários

  1. Acho que tu esqueceu que esse é um filme meramente introdutório, e por isso não se aprofundou muito nas histórias de cada um, mas fora isso tá uma ótima resenha :)

    ResponderExcluir
  2. Quando fui assistir esse filme, fui pesquisar mais sobre, e nem sabia que eles eram personagens da Marvel (olha que lia muitos quadrinhos da marvel na infância). Apesar de não conhecer os personagens, gostei bastante do filme, eu gosto de um mix de violência com comédia, combina muito bem. Não esperava nada muito grandioso do filme, pois pra mim, quando se trata de filmes de ficção científica eu piro (e bota ficção, pois metade do filme é bem mentira em relação a física e biologia kkkkk). Amo efeitos especiais, monstros falantes, roupas intergaláticas, muita luta e surrealismo, pra mim isso já basta para ficar a semana inteira desenhando kkkk

    www.raposalaranja.com.br

    ResponderExcluir
  3. "Distrair o Vilão" não é humor forçado. É simpesmente a jogada mais genial nunca imaginada em filmes de ação. O herói e o vilão dando discursos de justiça e vingança é um lugar comum abusado demais, chegando a beira do ridículo. "Você não vencerá! Minha espada da justiça vai decapitar sua maldade!" "Você é um tolo! O poder das trevas é forte demais para ser derrotado" e blábláblá. Nós telespectadores assistimos cenas assim indignados, parte por não acreditarmos que estamos vendo a mesma cena pela milhonésima vez, e em parte por pensarmos "porque ele não acaba logo com isso, fica aí de papo enquanto poderia pegar o vilão com a guarda baixa em meio ao seu discurdo." "Distrair o Vilão", perdooe-me a expressão, é a jogada mais FODA, GENIAL e CÔMICA de filmes de ação/comédia/aventura, o estilo clássico de filmes de super-heróis e semelhantes. Fora que essa cena é uma homenagem aos anos 80, completando a série de piadas sobre Kevin Bacon (que salvou o mudo dançando), em Footloose.
    Não esou de forma alguma desmerecendo a sua resenha, muito boa, diga-se de passagem, estou apenas oferecendo visão diferenciada.
    P.S.: "I Am Groot" é uma piada que nunca perderá a graça.

    ResponderExcluir
  4. Depois de uma avalanche de criticas positivas, não tem como eu não ficar curioso!
    Vejo em breve!

    DANCIN' OF DAYS
    http://dancinofdays.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu assisti e ri bastante das piadinhas e das trollagens do guaxinim ♥

    ResponderExcluir
  6. Parece muito bom, adorei

    Beeijos, ♥

    http://www.paaradateen.com
    http://www.facebook.com/PAARADATEEN
    INSTAGRAM: @luannaandrade_

    ResponderExcluir
  7. Oi Vickawaii! xD

    Nacionalidade japonesa é o que mais complica, pois mesmo tendo sangue japonesa e que tenha nascido e vivido no país, sou considerada a estrangeira de lá. T_T Mas eu ou conversar com advogado futuramente para resolver esse caso, pois pretendo ter dupla nacionalidade.

    Kiss

    ResponderExcluir
  8. To doida pra ver esse filme!!!!!!

    bjs de Filipinas,
    Gabi Barbará
    Barbaridades!

    ResponderExcluir
  9. Me abraça! hahaaha
    Amei esse filme, muito engraçado cara!
    E fica ligada que esse vilão ai vai aparecer de novo, se não me engano em algum dos Vingadores.
    O melhor é o Rocket.. "E eu preciso da perna daquele cara"
    hahahahaha
    Muito bom!!!

    Beijos

    O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  10. OI Vickawaii!
    Eu de novo!! hooww incrível, vc estuda direitos! xD Muito interessante essa área!
    Então, vc tirou toda minha dúvida, percebi que não posso ter mais duplanacionalidade, pois eu tenho 21 anos T_T Não sabia dessa de que maior de 20 anos não pode ter mais...

    Mas muito obrigada mesmo por informação! Suas explicações esclareceu minha dúvida!

    Kiss

    ResponderExcluir
  11. AMO AMO AMO AMO esse filme
    se ele fosse ruim a trilha sonora salvaria, sério
    hahahaha David *_*.. 10acc enfim.. e a entrada magnifica adorei td ainda mais o Rocket e chorei com o
    We Are Groot =(
    hehehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Eu até concordo com suas críticas - realmente, de novo não tem nada. Mas eu gostei bastante do filme e amei o Groot (We are groot <3) ahahaha. O guaxinim, para mim, é o melho personagem. Ah, a trilha sonora é mesmo boa. Enfim, mas se alguém busca por inovação, realmente não encontrarão no filme, só bastante sarcasmo rs.

    Em relação ao seu último comentário lá no Juventude em Prosa:

    Ficamos realmente felizes que você esteja gostando desses temas mais polêmicos no blog. Queremos exatamente isso: além de um espaço onde possamos manifestar textos mais pessoais, também haja a possibilidade de criar debates e reflexões. Quer uma dica? Na nossa página do facebook – e às vezes no twitter – postamos alguns textos, vídeos e notícias contestadores também. Acho que você vai gostar :)

    Seguem os links:
    https://www.facebook.com/JuventudeEmProsa
    https://twitter.com/juventudemprosa

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  13. Confesso que não tava com vontade de assistir, mas já que meu namorado quer ver, vou acompanhar ele!

    Beijão,
    Boneca de Pano Rosa

    ResponderExcluir
  14. Olha, não vou mentir. Tenho super preguiça dos filmes de super herói. Acho que deve ser super legal pra quem é ligado a esse universo de HQ, mas não sei, pra mim são bem repetitivos. Principalmente agora que lançam um depois do outro.
    Mas quem sabe um dia dou uma chance!
    beijo! <3

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Sabe... eu realmente gostei muito desse filme!!
    Não esperava ser muito inovador por ser de heróis da Marvel, né...
    Mas ele me surpreendeu muito positivamente!!
    Os heróis fortalecem os laços mais importantes da vida, que é a amizade e amor!
    A trilha sonora é espetacular! Enfim...
    Tenho que discordar de você....esse filme foi um dos melhores que já vi da marvel...
    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun