Crítica: Cavaleiros do Zodíaco - A Lenda do Santuário (2014)

sexta-feira, 10 de outubro de 2014



Com a notícia de um sexto filme de Cavaleiros do Zodíaco, muitos fãs ficaram alvoroçados e especialmente entusiasmados com a oportunidade de vê-lo no cinema. Para ser sincera, nunca acompanhei ao anime e, portanto, não posso fazer comparações, mas foi com alegria que ganhei do blog I Like Movies os ingressos e fui conferir Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário nos cinemas.



Em uma caverna de gelo, Mitsumasa Kido e seu mordomo encontram o Cavaleiro de Ouro Aiolos de Sagitário morrendo junto a um bebê. Ele mostra à Mitsumasa que foi perseguido por Shura de Capricórnio e Saga de Gêmeos por traição e que a pequena criança é a reencarnação da deusa Atena, que passa a ser criada por Mitsumasa. Quando Saori Kido completa dezesseis anos, ela é acusada de ser uma falsa Atena, mas um grupo de cavaleiros menores surge para protegê-la e passar pelas doze casas protegidas pelos Cavaleiros de Ouro até levá-la ao Santuário, onde a garota provará sua legitimidade.



Desenvolvida em CGI, a animação do filme é semelhante a um videogame, sendo diferente e difícil de acostumar até enxergarmos a sua beleza e como é bem feita. As lutas também foram bem executadas e deve ter sido uma alegria aos antigos fãs serem presenteados com a dublagem original. O problema é que as semelhanças param por aí: não bastasse uma hora e meia de duração para resumir uma temporada de 74 episódios (o que implica na retirada de muitas cenas importantes), muitas mudanças são feitas na história e nos personagens para dar ao longa um tom mais leve, com várias piadas e sequências (inclusive um sofrível musical) que podem ser divertidas, mas destoam dos personagens conhecidos da infância.



Com a proposta de modernizar a saga a ponto de trazer novos adeptos, Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário também conta com um fator nostalgia que fará muitos fãs reclamarem do novo filme por causa da velocidade com que a história é contada, mas também proporcionará um agradável momento de lembranças e entretenimento. Como a história não foi bem explorada, temos a impressão de ser mais um estereotipado roteiro “da saga do herói”, mas além de ser divertido, acho que A Lenda do Santuário cumpre seu papel de divulgar um pouco da dita grandiosidade da trama original.

Postagens relacionadas

15 comentários

  1. Nunca tinha ouvido falar, mas fiquei muito feliz de ouvir a dublagem original no video! Apesar de que fico meio com pé atras dessas animaçoões CGI. Acho que seria mais legal se fosse um desenho normal, em 2D com um estilo mais basico (tipo um OVA?). Enfim. Dublagem me deixou feliz e deu aquela nostalgia!

    bjs de Filipinas,
    Gabi Barbará
    Barbaridades!
    Me ajude a tornar o Barbaridades ainda melhor!

    ResponderExcluir
  2. Cavaleiros do Zodíaco faz parte da minha infância, mas não curti esses gráficos, meio que tirou a graça e originalidade do desenho...

    Beijos

    Hoje tem texto pessoal no blog!!!!

    ooutroladodaraposa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Me lembro do desenho, mas naão gostava muito.
    Não faz meu estilo de filme!
    Beijos, Ana do dia

    ResponderExcluir
  4. Ain Vick, apesar de nunca ter sido louca por animes, claro que tem exceção, Cavaleiros do Zodíaco e Sailor Moon por exemplo, cheiram à infância <3 Eu amava o Gêmeos, logo o vilão #mimimi
    Mas nunca tive paciência de acompanhar a história toda (então não me julgue por não lembrar de
    quase nada HAHAHA) ..


    Adoro seus resumões e críticas, as longas e as curtas (mas confesso, prefiro as longas pq vc sempre escreve de um jeito tão legal, tão íntimo que parece fofoca de clube do livro, saca?) <3

    Beijos ;*


    Hell


    www.faroestemanolo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei do filme. Já esperava que não fosse nada a ver com a versão animada, com histórias bem menos complexas. Na verdade eu jurava que fosse ser uma side quest em vez de abordar as doze casas.
    Mas...
    Ok. O musical foi tosco, mas...

    Máscara da Morte. De cueca.
    Priceless. ♥

    ResponderExcluir
  6. Não assisti... e acho que não vou curtir. Por falar em nostalgia, curti muito o novo filme das Tartarugas Ninja!

    Beijão,
    Boneca de Pano Rosa

    ResponderExcluir
  7. Não consegui assistir no cinema! :(
    Vou ter que esperar sair em DVD agora!

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  8. Nunca fui fã de Cavaleiros do Zodíaco, mas ouvi boas criticas sobre esse filme, vou assistir, quem sabe vicio depois de adulta kkkkk
    bjos Vickawaii

    www.camillanunes.com

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto bastante, tenho os personagens até hoje. E alguns dvds. Mas fugi dessa versão! Não acho que a franquia precisa ser reinventada.

    A coisa cheirou a cascata quando eu vi o desenho das armaduras, em especial a de Aquario que lembra um Power Ranger.

    Vou passar longe

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Não era muito fã do desenho, mas achei muito legal a ideia do filme! Eu não estava sabendo :o

    ResponderExcluir
  11. Um dos poucos desenhos que dispensei na minha infância ... nunca fui muito fã.

    ResponderExcluir
  12. Eu lembro que gostava muito do desenho, ainda não assisti nenhum filme, mas fiquei curiosa em assistir esse que você citou que foi lançado a pouco tempo,, parece ser bom ♥

    Beijos
    Fanpage | Instagram
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  13. Nunca vi esse desenho, acredita? :P haha
    Bjss

    http://www.estrelaminha.com/

    ResponderExcluir
  14. Meus amigos falaram que o filme foi bem ruim e como eu não gostava de CDZ mesmo nem fui ver haha

    xxx, Blog Gotas de Café
    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu assisti, mas confesso que não curti, resumiram tudo para caber no filme rs

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun