Disney: Epcot

segunda-feira, 18 de maio de 2015





Oi pessoal! Já adianto que a postagem é longa, mas não poderia deixar de ser já que se trata do parque mais diversificado da Disney: Epcot. Apesar da fama de ter poucas atrações, o Epcot é um parque super interessante e divertido, porque busca representar o futuro e nosso mundo como um todo.



O Epcot (abreviação de Experimental Prototype Community Of Tomorrow) foi concebido inicialmente como uma "comunidade futurística", mas hoje se divide em duas grandes áreas: Future World, a área da tecnologia e do futuro, e World Showcase, uma pequena representação de 10 países, muito completa e diferente. Como o World Showcase abre apenas 11h da manhã, resolvemos cobrir toda a Future World primeiro e depois fomos aos pavilhões dos países, que aliás, visitamos também no nosso "dia extra", tendo uma experiência ainda mais completa no Epcot.



O Epcot possui mais atrações "indoor" e boa parte delas se concentram no Future World, área reservada para a tecnologia e seu desenvolvimento. Nossa primeira parada foi o Mission: SPACE, um simulador muito legal de um lançamento espacial (melhor até que o da Nasa XD), e depois fomos ao Test Track da Chevrolet, uma das atrações mais procuradas do parque em que você monta o seu carro e depois faz o teste drive. Acho que essas e o The Sum of Thrills (gostei muito também, neste brinquedo cria-se o trajeto de uma montanha-russa e depois anda nela em um simulador!) são as únicas atrações "emocionantes" do parque, o resto é bem mais visual e tranquilo. A Soarin', que fomos na sequência, é muito bonita, mas não chega nem perto dos simuladores da Universal.



Dentro da SpaceShip Earth (conhecida como "a bola do Epcot"), foi possível explorar a história da comunicação, em um carrinho que nos levava desde a idade da pedra, aos filósofos da Grécia Antiga, à Idade Média, até o Espaço. Perto, havia também o Club Cool oportunizando experimentar vários restaurantes pelo mundo (fiquei só no Kuat hehehe) e o Turtle Talk, que não consegui ir mas parece ser divertido. No período da tarde, ainda fomos no The Seas with Nemo and Friends, na loja Mouse Gear (mais completa até que a Emporium do Magic Kingdom) e infelizmente fomos a Journey Into Imagination With Figment e Captain EO, possivelmente os piores brinquedos do parque. Na verdade, Captain EO é um filme do Michael Jackson que de tão ruim até pode ser considerado bom, mas se estiver sem tempo, corte essa atração do seu passeio.



O mais legal do Epcot é o World Showcase, dividido em onze pavilhões bem definidos representando os seguintes países: México, Noruega, China, Alemanha, Itália, Estados Unidos, Japão, Marrocos, França, Reino Unido e Canadá. Cada pavilhão tem suas peculiaridades, alguns têm atrações e outros não, mas é certo que em cada um você encontrará lojinhas, personagens típicos e estará imerso na cultura daquele local. Até o pessoal das lojas e atendentes são nativos do seu respectivo país!



O primeiro país que exploramos a fundo foi a China, talvez o meu pavilhão preferido do Epcot. Lá é possível experimentar a culinária chinesa, comprar artefatos típicos, assistir a um show incrível de Acrobatas Chineses (melhor apresentação do Epcot para mim), ver uma réplica do famoso exército de Terracota e ainda assistir um vídeo de 360º sobre a China. Ah, lá eu encontrei a Mulan!



Antes da China, ficam o México e a Noruega, sendo que a Noruega é mais legal pelas fotos e pelas comidinhas, mas o México realmente tem uma atração bem legal, o Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros. Dentro da pirâmide, você consegue ver um dos três restaurantes do México, que está sempre de noite, artefatos típicos e fora ainda dá para tirar foto com o Zé Carioca ou um Donald Mexicano. Na passada, também assistimos aos Mariachi Cobre, num clima bem mexicano.



Na Alemanha eu só tirei fotos e assisti ao show de encerramento no parque, mas na Itália tive uma experiência muito agradável no ristorante Tutto Italia, e ainda vi um showzinho de rua na saída. Esses dois países se destacam mais pela culinária do que pelas atrações (a Alemanha inclusive não tem), mas é muito legal de visitar por causa da representação mesmo, são lugares lindos de visitar e rendem boas fotos.



Nos Estados Unidos há uma atração chamada The American Adventure, mas fuja dessa porque são 30 minutos falando de como os americanos são os melhores. Já no Japão, ainda que não tenha atrações, foi um dos países que eu mais gostei de visitar, porque a loja do país é simplesmente incrível... É o Japão! Lá tem leques, gatinhos japoneses, mulheres tirando pérolas de ostras (bem divertido!), e também tem mangás, pelúcias da Hello Kitty, Pokemon, artigos de Kuroshitsuji, action figures e o que mais que os japoneses inventaram. Há também uma espécie de exposição sobre as lendas japonesas, bem interessante mesmo.



Marrocos foi um dos países que mais me chamou atenção porque as ruas eram todas estreitas e as lojas bem coloridas com cheiro de incenso, gostei muito da imersão no país e ainda, conheci o Aladdin e a Jasmine. Ao lado, na França, visite as lojinhas e comi um delicioso sorvete de menta na L’Artisan des Glaces, além de tirar foto com a Torre Eiffel.



O que me deixou bem chateada é ter perdido o The British Revolution, um show de rock que acontece na Inglaterra em quase todos os dias da semana, menos no que reservei para assisti-lo. Já no Canadá assistimos os Canadian Lumberjacks, em uma competição muito divertida envolvendo machados e toras. Por fim, assistimos ao “Illuminations: Reflections of Earth” no fim do primeiro dia, mais um show de fogos maravilhoso da Disney.



Visitar o Epcot foi uma das experiências mais fantásticas da minha viagem, mas dessa vez não pelos brinquedos ou pela emoção, e sim porque pude entrar em contato com culturas diferentes na pequena representação da diversidade que é o nosso mundo. Na verdade, foi esse parque que transmitiu a impressão total da minha viagem: certamente quero voltar um dia, mas a vontade maior é me aventurar por nossos lugares, novas descobertas, novos países. Já conheci Epcot, agora falta conhecer o mundo!

Postagens relacionadas

9 comentários

  1. Disney!!! ♥

    Meu sonho é conhecer esse lugar :)

    ResponderExcluir
  2. Nada descreve a invejinha que to sentido de você, Victoria hahahahaha
    Quanto lugar legal, é realmente mágico e só fala mal quem é recalcado mesmo...
    Quero muito conhecer com minha família e meu bebê (quando ele nascer e crescer claro) hehehe

    Você é muito linda <3

    Faroeste Manolo
    Página Facebook

    ResponderExcluir
  3. Que fotos lindas! Sou doida para conhecer a Disney, sabe. Mas quero mesmo viajar para a Europa toda <3
    Ainda assim, deu mais água na boca para viajar!!!
    Beijos / www.prettythings.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que. Legal! Quando eu era mais nova não tinha muita vontade de conhecer a Disney não, mas hoje sou louca. Acho que cresci na idade só hahaha Um dia ainda irei, e irei pirar mais do que qualquer criança.
    Amo posts de viagem <3
    Beijo

    www.blogrefugio.com

    ResponderExcluir
  5. Tenho na cabeça que, quando eu dor à Disney (porque eu vou um dia!), vou visitar todos os parques, incluindo o Epcot :) achei as atrações que nos fazem viajar para outros lugares no mundo muito legais!

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun