Anime: Puella Magi Madoka Magica

domingo, 25 de outubro de 2015



Já faz algum tempo que eu estou preferindo animes mais complexos. Um dos animes que eu mais gostei foi Puella Magi Madoka Magica, que reúne personagens visualmente fofos, mas uma história profunda e envolvente.



O anime começa com Madoka sonhando que uma menina lutava sozinha contra um monstro em um mundo destruído. No dia seguinte, essa mesma menina se apresenta como Homura Akemi, uma estudante recém-transferida para a sua turma. Quando Madoka salva uma esquisita criaturinha branca do ataque de Homura, Madoka e sua amiga ficam presas em um mundo paralelo cheio de monstros, escapando dele graças a ajuda de Mami Tomoe. Madoka descobre que Mami é na verdade uma garota mágica, uma espécie de heroína que luta contra bruxas (criaturas que se alimentam de humanos, influenciando-os a cometer suicídio, assassinato e outras coisas) e que ela pode se tornar uma muito poderosa se fizer um contrato com Kyubey, que por sua vez, poderá conceder um desejo. A partir de então, Madoka enfrenta o dilema de se tornar ou não uma garota mágica, participando das missões da Tomoe, conhecendo outras garotas e querendo ajudar os outros, mas sendo constantemente alertada por Homura dos malefícios de ser uma garota mágica, que tenta impedi-la a qualquer custo.



A primeira vista, Puella Magi Madoka Magica parece ser apenas mais um anime estilo mahou shoujo com um monte de meninas bonitinhas em trajes fofinhos lutando. Não é. À medida que as catástrofes vão ocorrendo, descobrimos as fraquezas das personagens, seus dilemas psicológicos e o terrível segredo que circula as garotas mágicas, nos fazendo odiar o adorável Kyubey. Conhecemos Kyoko, uma garota arrogante e egoísta, e vemos os ideais de uma ingênua menina se deteriorarem. Descobrimos o porquê da frieza de Homura e o que há por trás das suas atitudes. O anime lida bastante com emoções, indiferença, morte, solidão, altruísmo e com os objetivos de vida, com o porquê de fazermos algo e o quão longe podemos ir para mudar o nosso futuro.



Puella Magi Madoka Magica não é o que parece ser – e digo isso em todos os sentidos. Não quero falar o real sentido da história porque essa é uma descoberta interessante que deve ser apreciada por cada um, mas já antecipo que é um enredo bem elaborado e de certo modo, bastante surpreendente. Recomendado!

Postagens relacionadas

6 comentários

  1. *_* Será que animo a assistir? Ando deprimida porque parei de acompanhar os animes que sempre acompanhei por falta de tempo =/
    Gostei da proposta desse

    ResponderExcluir
  2. Também não ando acompanhando Animes, mas gostei bastante da temática desse :) Os personagens são lindos também!
    boa semana ^^

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  3. Quando eu era mais nova assistia muito Animes, mas agora faz tempão que não assisto mais..
    preciso encontrar uns para voltar a assistir e lembrar dos velhos tempos :D

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parece ser bem legal e mais profundo do que aparenta! Onde vc consegue assisti-los?
    Tenho que arrumar tempo para os animes e series!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá! Adorei seu blog e ainda mais sua foto do perfil da Mio Akiyama ♥ meu sonho era fazer um cosplay de K-on hahahahah.
    Sobre anime parece ser bem bacana, faz tempo que nao assisto nenhum e adorei a dica.♥

    www.izabellacordeiroilustra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Teu comentário me incentivou a continuar o anime, porque pelo que tinha assistido em alguns eps, não tinha me empolgado muito. Não sei porque, mas odiei o Kyubey desde a primeira vez que ele apareceu UHEUHEUEUHE . Enfim, obrigada por essa postagem, continuarei assistindo e depois te falo se gostei♥ | Zombie Effect

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun