Book Club: A Torre Negra - O Pistoleiro

sábado, 31 de outubro de 2015



Quando se fala em histórias de terror, é inegável que as mais assustadoras vieram da mente do mestre Stephen King. Através das leituras de livros como O Iluminado e O Cemitério, pude comprovar a genialidade do escritor, mas foi só quando King foi proposto no nosso Book Club que finalmente comecei minha caminhada em direção à obra prima do autor: A Torre Negra. Por esse motivo, nesse 31 de outubro, trago a resenha de O Pistoleiro, primeiro volume da grande obra A Torre Negra.



Ambientado em um mundo pós-apocalíptico, O Pistoleiro conta a história de Roland, último descendente de uma linhagem de pistoleiros cuja vida serve apenas a um único e grandioso propósito: encontrar a Torre Negra. Não se sabe exatamente o que é a Torre ou qual a sua localização, mas é certo que ela é o centro do tempo e espaço daquele mundo, que se deteriorará a menos que Roland chegue ao seu destino. Para isso, Roland atravessa o deserto em busca do Homem de Preto, um mago sinistro detentor de conhecimentos que podem auxiliar Roland a alcançar a Torre. A trajetória, no entanto, não é nada fácil, e Roland passa por diversas intempéries que envolvem desde elementos sobrenaturais até sua afeição por Jake, um garoto que morreu no nosso mundo e acaba por acompanhar Roland em sua jornada.



Antes mesmo de adentrarmos na história, nos deparamos com o prefácio e introdução do autor explicando que A Torre Negra levou trinta anos para ser perfectibilizada e que O Pistoleiro foi escrito no auge dos seus 19 anos, o que fica bem claro pela abordagem adotada. A narrativa frequentemente faz alusões a elementos do nosso mundo (o que é bacana, mas pode se tornar bem irritante com o tempo) e nesse primeiro volume ainda estamos confusos com a quantidade de informações: os fatos importantes nos são apresentados por meio de memórias esparsas e demora bastante para nos acostumarmos com o Mundo Médio o qual o pistoleiro habita, pois quase nada sabemos dele.

Justamente por a história ser complicada, devemos ter em mente que este é apenas um volume introdutório e que novas respostas serão obtidas lendo o restante da Torre Negra. Mesmo assim, O Pistoleiro é um livro interessante e envolvente, com um anti-herói complexo e uma história que queremos conhecer, ou seja, buscamos as respostas. Ademais, o livro proporciona aventura semelhante a encontrada nos velhos faroeste spaghetti, mas com frequentes assombrações, como os vagos mutantes, um antagonista assustador e a certeza de algo tenso acontecerá na página seguinte.



Como o próprio Stephen King admitiu, O Pistoleiro é um livro difícil de se ler, afinal a narrativa é confusa e não estamos acostumados com a história. Entretanto, existem outros mundos além do Mundo Médio, e agora que recém alcancei a metade do segundo livro, asseguro que vale a pena saborear O Pistoleiro em direção à Torre Negra.

Verônica | Wanila | Cecilia | Amanda | Isadora

Postagens relacionadas

5 comentários

  1. Olá!
    Nossa, tenho vários livros do King, mas nenhum da Torre Negra. LOL Sabe aquela leitura que você vive atrasando? Pois é.
    Depois de Elfos, aprendi a lidar melhor com livros introdutórios (já tinha "enfrentado" primeiros volumes bem problemáticos antes, como Crepúsculo e Sussurro) e não desistir de tudo. A fase de adaptação com o ambientação e até mesmo com a escrita que a criatura utiliza na obra pode ser bem complicada.
    Amei o post! Fez me lembrar do quanto eu já quis ler essa série, mas acabei enrolando porque queria comprar tudo de uma vez, haha.
    Abraços~

    Nankin Dust

    ResponderExcluir
  2. Tentei ler A Torre Negra algumas vezes e não consegui... Às vezes acho que Stephen King não é para mim... :( Um dia talvez dê ao livro outra chance, quem sabe?
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu já li a série toda, incluindo o oitavo livro que saiu depois, e eu digo e repito: é a melhor série que já li na minha vida. Vale muito a pena ler todos os livros porque o final da saga, lá no sétimo livro, é fantástico!!

    Beijos e sucesso,
    Ruh Dias
    perplexidadesilencio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente, falou anti-herói, falou comigo, hahahahahahahahahaha. Meu tipo de personagem :P

    Eu já li várias obras do mestre e Stephen King é o meu escritor favorito, mas ainda não li esta série porque quero comprar todos os volumes e depois começar a leitura. Mas, tenho que admitir que fiquei mais empolgada com essa resenha <3 e também vou acrescentar que vou procurar saber mais sobre esse clube do livro, hahahaha.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. eu no momento tenho apenas o doutor sono! mas estou louca para comprar o Sob a redoma, dizem que é ótimo!!!
    bjus

    http://tutiaah.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun