Crítica: Zootopia

sábado, 19 de março de 2016



Assim como Frozen - Uma Aventura Congelante e Operação Big Hero, o novo filme da Disney, Zootopia demonstrou ser um enorme sucesso de bilheterias e conquistou facilmente as crianças com suas cores e personagens carismáticas. A grande surpresa é que a obra estrelada por animais é uma das mais realistas do estúdio, trazendo críticas sociais e problemas pelos quais todos nós passamos na vida adulta.



Ainda que no mundo de Zootopia predadores e presas vivam em harmonia, há certa dicotomia entre as funções empenhadas por cada espécie. Contrariando as expectativas de sua família quanto a tão esperada vida no campo, Judy Hopps é uma sonhadora que acredita que cada um pode ser o que quiser, e o sonho da coelhinha era se tornar uma policial. Com muito esforço ela se forma na Academia de Polícia e passa a trabalhar na fantástica Zootopia, mas as coisas não saem como o planejado: ela é muito diferente dos seus colegas polícias, todos duvidam dela e, ao invés de trabalhar como policial, ela é requisitada para atuar como guarda de trânsito. Por mero acaso, a Oficial Hopps é designada para encontrar um dos quatorze mamíferos desaparecidos, mas para isso a coelhinha só dispõe de 48 horas e deve contar com um inimigo natural: o astuto raposo Nick Wild, que vive aplicando golpes na cidade.



Em determinado momento, avisam à Hopps que a vida não é um desenho animado, que as pessoas começam a dançar e magicamente todos os sonhos se realizam. Uma das mensagens do filme é que a vida não é fácil e temos que batalhar por nossos sonhos, mas o que Zootopia deixa claro é que infelizmente nossos sonhos e relações são prejudicadas pelo racismo, machismo e preconceito, mostrando como essas características estão enraizadas na sociedade e a importância de combatê-las. Usando o "mundo dos bichos" como metáfora, Zootopia mostra como nossa sociedade é plural, como existem pessoas dentro e fora de estereótipos e como devemos enfrentar o preconceito. Nesse sentido, Zootopia não entrega uma "fórmula pronta", mas constrói um filme interessante e divertido, nos ensinando não só o que é certo ou errado, mas a refletir sobre os papéis que nos são impostos e a real eficácia das políticas de igualdade.



Se a importante mensagem que o Zootopia passa dá a impressão que o filme seja monótomo, os cenários ultracoloridos nos deixam maravilhados com Zootopia, uma metrópole moderna e agitada cujas proporções foram pensadas para abrigar desde girafas até camundongos. Tudo é extremamente detalhado e a animação foi impecável em adaptar os animais à vida urbana. Além disso, o filme tem uma investigação que remete aos filmes policiais clássicos e muitas referências estão presentes no filme, como à cultura pop, Breaking Bad (sim!) e, em uma das melhores cenas, ao Poderoso Chefão. É um filme infantil com uma trama capaz de agradar a todas as idades, com muitas piadas sobre a vida adulta (adivinha qual animal é o servidor público?), muitas paródias e personagens cativantes, pois gostamos e compreendemos perfeitamente as personalidades da coelha Judy Hopps e do raposo Nick Wild, que formam uma excelente dupla.



A insistência dos brasileiros em explicarem o nome da obra fez com que o subtítulo de Zootopia seja "Essa cidade é o bicho", a metrópole tem a mesma agitação e diversidade de cidades cosmopolitas como Nova York e São Paulo, e todos os problemas e características presentes na sociedade animal são essencialmente humanos, sendo os bichos apenas uma metáfora para tornar o filme divertido e atrativo para o público infantil. Assim, Zootopia é um filme extremamente criativo, com uma trama madura, interessante e personagens que nos fazem acreditar que, mesmo com todas as dificuldades, não devemos baixar a cabeça. Podemos ser o que quisermos.

Postagens relacionadas

7 comentários

  1. Vou te falar, Vicki, não fiquei com muita vontade de ver mas depois da sua critica, eu quero muito ver! Uma coelhinha dura e uma raposa esperta juntos numa cidade grande que reflete a nossa, vai ser 10!
    Bjs

    www.achadosdamila.com.br

    Fanpage - Achados da Mila

    ResponderExcluir
  2. Engraçado, não vi tanta divulgação para esse filme, mas depois de ler sua crítica, fiquei com vontade de assistir. A ideia da crítica social me atrai muito!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro animações, mas não li muita coisa sobre esse filme então, presumi que fosse algo mais voltado apenas ao publico infantil mesmo, masss, percebo que estava redondamente enganada haha Não imaginei que a animação transmitisse tantas mensagens importantes! Agora quero assistir <33

    http://colorindonuvens.com/

    ResponderExcluir
  4. Caraca, eu pensava que ia ser uma animação boba e engraçada. E já queria ver só por isso. Achei demais tudo isso que o filme quer transmitir. Acho que essas coisas tem que ser passadas desde criança.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
  5. Quando saiu o trailer de Zootopia, eu fiquei MALUCA para assistir - eu ri DEMAIS com o Flecha como servidor público. Depois foi passando, os cartazes saindo... e eu fui desanimando. É porque sei lá, eu odeio filme de bicho que fala. Não gostei de Nem Que a Vaga Tussa, O Bicho Vai Pegar, Os Sem Floresta e esses afins. Fui desanimando mesmo - porque sério, no começo eu esperava algo TÃO bom quanto Big Hero, e fiquei com medo mesmo de me desapontar.

    Sua crítica, como outros comentários que li na Internet, me fez repensar. Melhor: me fez querer MUITO ver esse filme. Preciso saber se a Disney Pixar está no caminho certo, trabalhando problemas sociais assim, com realidade e bom humor. Não vejo a hora de ver!

    Obrigada pela crítica <3

    www.saborabsinto.com.br

    ResponderExcluir
  6. Vic que crítica INCRÍVEL que você fez <3
    Me deu muita vontade de assistir! Acho super interessante um filme infantil abordar sobre um tema tão real (e triste) de uma forma mais lúdica para as crianças. De certa forma estão ensinando a elas desde cedo a lutarem contra essas injustiças. Só por aí já é motivo suficiente para adorar o filme <3 Quero assistir o mais breve possível :D

    Beijocasss
    http://www.garimpoblog.com.br/


    ResponderExcluir
  7. Eu tô louca pra assistir esse filme! ;-;

    Acho maravilhosa a magia por trás da animação. Aparentemente elas são apenas pra crianças, mas quando paramos para analisar os detalhes, os roteiros, as atitudes das personagens percebemos que eles podem ser ainda mais direcionados aos adultos. Acredito que a maioria delas sejam assim. Isso acaba nos surpreendo tanto, e nós nos apaixonamos (ainda mais) por essas obras <3

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun