Crítica: Assassinato no Expresso do Oriente

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Depois de duas adaptações cinematográficas, novamente uma das mais celebres histórias de Agatha Christie ganha mais uma versão. Dirigido e estrelado por Kenneth Branagh, Assassinato no Expresso do Oriente conta com um elenco de peso e reintroduz de forma satisfatória o maior detetive da literatura.



Chamado para solucionar um crime em Londres, Hercule Poirot consegue no último segundo uma cabine a bordo da primeira classe do Expresso do Oriente, onde viaja em companhia de um professor, uma governanta, um médico, uma condessa, entre um grupo de pessoas que inclui até mesmo um Rechittt, um homem envolvido em negócios suspeitos. Durante uma nevasca, o trem é parcialmente soterrado na neve e os viajantes ficam à espera de uma equipe para seguir em frente, mas esse é apenas o menor dos problemas: na mesma noite, um dos viajantes é misteriosamente encontrado morto em seu vagão, com doze facadas irregulares e diversas "pistas" deixadas convenientemente pelo assassino. Ninguém sabe quem o matou, mas aos poucos descobre-se que vários tinham motivos para matá-lo. Cabe à Hercule Poirot, melhor detetive do mundo, descobrir o assassino e solucionar o crime.



Com uma direção competente de Kenneth Branagh, também protagonista, o filme começa com uma cena inédita de Poirot desvendando um crime entre um Rabino, um Padre e um Imam, o que se faz necessário para apresentar o detetive ao público mais jovem e na construção do personagem, cuja moral é pautada na existência de um certo e um errado. A partir de então, o filme se esforça a dar uma dinâmica e uma reflexão diferente das versões anteriores que, apesar de não ser tão aprofundada, é muito bem-vinda e dá mais uma dimensão à obra. O caricato Poirot, que à primeira vista parece pitoresco demais aos olhos do espectador, rapidamente ganha a simpatia do público graças ao seu carisma e, apesar de uma ponta solta ou outra (como um interesse romântico desnecessário e mal desenvolvido do detetive), convence e nos deixa ansiosos por ver Kenneth vivenciar mais uma história do detetive.



Enquanto o livro se passa quase inteiramente no interior do trem, o diretor diverte-se com belíssimas tomadas no exterior e transporta os personagens para lugares diversos, dando a dinâmica necessária para a transposição dessa obra para o cinema. Os ângulos da câmera são diferenciados, colocando a história em diferentes perspectivas, e a própria história é bem alinhava e fácil de se acompanhar. Cada personagem tem espaço suficiente na tela e enche os olhos ver um filme com Judi Dench, Willem Dafoe, Penélope Cruz, Daisy Ridley e Michelle Pfeiffer, que estava muito bem no papel. Johnny Depp também teve uma participação curta, que não comprometeu, e todas as personagens são apresentadas de modo que sabemos sua trajetória, sua personalidade e suas motivações. Nesse aspecto, é evidente que o ritmo do filme é mais acelerado que o do livro e não há muito "tempo" para o espectador tentar por si mesmo solucionar o crime, mas todos os elementos são apresentados e o desfecho é muito satisfatório.



Agatha Christie é uma das minhas escritoras preferidas e é realmente gratificante ver sua obra novamente retratada no cinema. Em que pese não tenha sido uma adaptação perfeita - e isso se dá pela verdadeira dificuldade em retratar tantas personagens e tantas peculiaridades em pouco tempo de filme -, Assassinato no Expresso do Oriente é um ótimo entretenimento capaz de agradar fãs e não fãs da Rainha do Crime.

Postagens relacionadas

10 comentários

  1. Ainda não tive a oportunidade de ler nada da Agatha Christie. Li algumas resenhas negativos sobre o filme, mas agora lendo sua resenha acho que vou dar uma chance ao longo, já que como nã li o livro não tem como eu comparar um com o outro.

    ResponderExcluir
  2. eu li esse livro há um bom tempo e adorei! na verdade a agatha é minha escritora preferida. não costumo criticar com frequencia adaptações, mas to torcendo para que seja o mais fiel possivel ao livro.
    Amei a crítica <3

    ResponderExcluir
  3. Estou vendo críticas diversas sobre o filme, o que acaba me deixando bastante dividida. Lembro que na época que saiu o trailer eu fiquei bastante animada, mas agora não vejo mais o filme como uma prioridade na minha lista de "preciso assistir". Acho que tentarei ler primeiro a obra e só depois dar uma oportunidade ao filme. Aliás, eu preciso ler alguma obra da Agatha Christie e de 2018 isso não poderá passar!
    Gostei da sua crítica e de como pontuou também os lados negativos.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho uma curiosidade gingantesca de ler algo da Agatha Christie, mas ao mesmo tempo, não quero comprar um livro dela, haha! Eu tive uma experiência ruim com um de seus livros e fiquei meio "nhaa e se eu comprar e não gostar?". Mas sempre que ouço a respeito, fico bem curiosa. NO ENTANTO, pra esse gênero eu prefiro mais assistir do que ler. Resumindo, acho que verei esse filme - sim! HAHA

    www.prettythings.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu estava muito ansiosa por esse filme, mas desisti de ver quando vi o Depp no elenco. Vou ficar só no livro mesmo.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  6. Poirot <3 Eu amo.
    Eu amava a série que fizeram com o personagem. Gostei muito da nova adaptação, mas a de 74 ainda é a minha preferida. O elenco está maravilhoso e apesar de ter estranho o novo bigodão e aparência do Poirot no começo, acabei me apaixonando.
    Amei a fotografia, os detalhes capturados e a visões aéreas. Estou otimista pela sequência *_*

    ResponderExcluir
  7. Eu li o livro e amo muito a história, assisti semanas atrás e preciso dizer que o filme me agradou muito, as alterações não comprometeram, pelo contrário agregaram mais, principalmente por ser uma mídia diferente. Fiquei deslumbrada com a fotografia, estou louca para escrever sobre o filme tbm.

    Boa crítica,
    Beijos da Pinguim!

    ResponderExcluir
  8. Eu tô doido pra ver esse filme e ler o livro também, quero me jogar no mundo da Agatha Christie. Gosto muito dessas coisas de mistério e já vi várias coisas com referências à essa história do Assassinato no Expresso do Oriente, o que me deu ainda mais gosto de assistir.

    xoxo http://www.sextadimensao.com/

    ResponderExcluir
  9. Eu não consegui assistir ao filme nos cinemas, mas estou com muita vontade. Acho o elenco sensacional e é uma obra da Agatha Christie, então tem que fazer muita força para dar errado.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  10. Particularmente adorei a adaptação, não ficou totalmente fiel, mas ficou muito boa... E ainda com esse elenco maravilhoso nem tem como não gostar né haha
    Adorei a crítica e concordo com você, é um ótimo entretenimento =D

    Beijão
    https://atocadalebre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun