Resenha: Sevenwaters - A Filha da Floresta

quarta-feira, 17 de agosto de 2016



Publicada pela Butterfly Editora, a Trilogia Sevenwaters é uma renomada série de livros de fantasia que conquistou vários leitores e ganhou vários prêmios internacionais. Graças a minha parceria com a editora, pude conferir A Filha da Floresta, primeiro livro da escritora neozelandesa Juliet Marillier.



A Filha da Floresta conta a história de Sorcha, uma menina de doze anos que é a sétima filha do Lorde Collum de Sevenwaters. Criada entre seis irmãos, Sorcha possui um espírito forte e grande afinidade com os bosques e as florestas, tornando-se desde jovem especialista em plantas e suas propriedades curativas. Todos vivem em harmonia conforme sua função e personalidade, mas tudo muda quando Lorde Collum resolve casar-se de novo com uma mulher perversa, que amaldiçoa a família de uma maneira que apenas Sorcha pode salvar. Assim, Sorcha recebe uma ingrata tarefa para livrar seus irmãos da maldição, mas durante sua missão acaba entrando em contato não apenas com os Seres da Floresta, mas também com os bretões, o povo inimigo.



Baseado no conto Os Seis Cisnes, dos Irmãos Grimm, a Filha da Floresta contém todos os elementos presentes nos contos de fada: uma madrasta cruel, seres místicos, romance, uma missão... A palavra "contos de fada" logo nos remete às doces histórias que conhecemos pela Disney, mas A Filha da Floresta se aproxima muito mais dos contos como eram na origem e se sustenta como um livro bastante maduro, no qual acompanhamos o sofrimento de Sorcha e nos entristecemos ao saber que grande parte dele é agravado por um problema bastante real, causado por um machismo que infelizmente está presente na nossa sociedade. Nesse aspecto, a trama é pesada, mas a protagonista é uma mulher forte que consegue superar seus problemas e, em breves momentos, encontra a felicidade, fazendo com que o leitor torça por um "felizes para sempre" ao final.

Narrado em primeira pessoa, A Filha da Floresta tem uma narrativa simples e detalhada, na qual a autora nos ensina como se contar uma verdadeira história. A trama é muito bem estruturada e, por ser um romance medieval, um dos seus diferenciais é abordar a cultura celta, bem como lendas e costumes. Paralelo à história de Sorcha visualizamos um conflito entre os irlandeses e os bretões, e o interessante do livro é mostrá-los como dois lados da mesma moeda, dois povos de costumes diferentes, mas acima de tudo humanos. O livro não se foca na guerra, mas na vida, e justamente por isso traz tantas mensagens, como solidariedade, persistência e fraternidade.



A Filha da Floresta nos transporta para um mundo antigo dominado pelas lendas, cuja história nos prende a atenção e personagens nos cativam, especialmente Sorcha, uma heroína necessária nos dias de hoje. Apesar de haver romance, o foco sempre foi na construção de Sorcha como uma menina independente, que se impõe aos costumes da sociedade e faz de tudo para salvar seus irmãos, porque ela acredita que é o certo a fazer. A Filha da Floresta é uma excelente leitura, que nos deixa triste por finalizar, mas ansiosos para conferir os próximos volumes da Trilogia Sevenwaters.

Esse exemplar foi carinhosamente cedido pela Butterfly Editora, que mantém uma parceria com o blog Finding Neverland. Curta a página da Butterfly Editora no Facebook e saiba mais sobre os títulos publicados.



Esse blog está participando do BEDA e terá postagens novas diariamente em agosto

Postagens relacionadas

18 comentários

  1. Oi Vick!
    Acho que já tinha visto sobre esse livro, mas não me lembro se foi aqui mesmo ou em outro blog.

    Ele parece interessante, além dessa capa linda.

    Bjinhos
    Juju
    www.asbesteirasquemecontam.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juju!
      Deve ter sido em outro blog, eu tive que ler meio rápido para não passar do prazo para resenha HASIUDHAU. Mas pelo que vi das outras resenhas, ele é sempre bem comentado - e depois da leitura, entendi o porquê!

      Beijos

      Excluir
  2. Vick, que blog bacana! Adorei seu conteúdo...
    Sobre o seu livro: achei bem interessante, e quando comecei a ler a resenha lembrei na hora do conto dos Cisnes! Gosto muito das versões não-Disney dos contos, mais sombrios, beirando ao terror!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazy! Muuuito obrigada pelo elogio e desculpa pela demora ao responder, estava doente <3

      Excluir
  3. Achei a história bem interessante e amei essa capa. <3 Gosto de quando esse tipo de personagem é construído, precisamos de mais mulheres fortes num mundo machista sendo maravilhosas e inspiradoras.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais incrível é que a Sorcha é uma personagem real, sabe? Mesmo com todas as dificuldades - principalmente uma que nada tem a ver com "magia" -, ela continua se firmando como uma mulher forte e faz tudo para alcançar seus objetivos.

      Excluir
  4. Eu já estava com vontade de ler o livro, mas agora que fiquei sabendo que foi baseada em um conto dos Irmãos Grimm preciso dar um jeito de comprar ahuhaiuhauihauihaiuhauh
    QUERO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra sim! Se duvidar foi uma das minhas melhores leituras do ano ashduiahsda, to louca para ler o segundo!

      Excluir
  5. Não sei o porquê, mas jurei que esse livro era de uma brasileira hahahah
    Gente, super me interessei pela história ♥ Nunca mais li algo parecido... Acho que o último foi Elfos, que amei.
    Adorei a resenha~
    Abraços~

    Nankin Dust | Fanpage do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achava ASUHAUHIUSA Acho que é por causa da Editora :P Tu que gosta de fantasia vai adorar A Filha da Floresta!

      Excluir
  6. Quando li que o nome da protagonista era Sorcha já imaginei que fosse uma coisa não tão conto de fadas Disney, ai tu disse os inimigos eram bretões e aí tive a certeza que se tratava de algo mais celta/irlandês. Parece ser um livro muito bom e eu amei o título e essa capa! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembrei de ti enquanto estava lendo hasudihdusa, tu ia gostar bastante da parte ~cultural~ do livro <3

      Excluir
  7. Tenho uma amiga que é super apaixonada por esse livro, foi ela quem me apresentou essa autora. Eu adoro romance medieval, mas confesso que não leio muito. Preciso mudar isso. A capa é linda <3

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não sou muito de romance (apenas de livros medievais ahsduai), mas fiquei encantada com o romance do livro <3

      Excluir
  8. Vicki, tenho esse exemplar aqui em casa e em breve irei lê-lo. Depois da sua resenha fiquei mais intrigada e ansiosa pela leitura!
    Bjs

    www.achadosdamila.com.br

    Fanpage - Achados da Mila

    ResponderExcluir
  9. Eu já li esse livro há muito tempo (ele era de uma amiga) mas recebi dois livros da mesma autora nos meus anos e fiquei com vontade de o ler outra vez. Essa review aumentou ainda mais a minha vontade.

    Beijinhos,

    http://buongiornoprincipessa3.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Fantasia é o meu gênero favorito, mas não conhecia essa série! Acho legal essa referência aos contos de fadas antigos, acho que a história se torna ainda mais fantástica! :) Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun