The Who e Def Leppard em Porto Alegre

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Junto de bandas como The Beatles e Rolling Stones, The Who foi responsável pela chamada invasão britânica nos Estados Unidos e no mundo, momento em que o rock inglês se tornou universal. The Who foi a primeira banda a criar uma ópera rock, influenciou altamente o punk rock, nos contagiou com um estilo próprio. Felizmente, a invasão britânica está chegando pessoalmente em Porto Alegre e pude apreciar um show de uma das maiores bandas da história do rock.



O show em Porto Alegre ocorreu dia 26 de setembro de 2017 no Anfiteatro Beira-Rio e foi a despedida da banda no Brasil, depois de elogiadas apresentações em São Paulo e no Rock in Rio. Bem verdade, a banda era esperada há mais de cinquenta anos e, apesar do estádio não estar tão lotado como em shows de bandas mais famosas, The Who conseguiu reunir jovens, adultos e idosos, em um momento que a própria banda definiu como um dos melhores shows dos últimos dez anos.

Antes da apresentação de The Who, a abertura às 19h30 ficou por conta da banda inglesa Def Leppard, que atua desde 1977 e já vendeu mais de 100 milhões de álbuns mundial. Confesso que não tinha muito contato com Def Leppard, mas não foi difícil me empolgar com o show da banda, que demonstrou altíssima qualidade e total domínio dos instrumentos. Com um estilo mais agressivo, misturado à belíssimos solos de guitarra, a banda deu uma verdadeira aula de rock. Mas não adianta: a espera era pelo show da banda The Who que, com uma pontualidade britânica, começou a tocar as 9h30 no Beira Rio.


Banda Def Leppard em Porto Alegre


A playlist do show não poderia ter sido melhor, reunindo os principais sucessos da banda. Iniciando com "I can't Explain", "The Seeker" e "Who are You", o reportório contou também com a icônica My Generation, Pinball Wizard e a belíssima Behind Blue Eyes que, como lembrou Roger Daltrey com bom humor, não é uma música do Limp Bizkit. Vários momentos foram emocionantes e todos os refrões eram entoados também pelo público, sendo um dos momentos mais marcantes, talvez, Baba O'Riley.

A banda, que sempre demonstrou rebeldia e juventude, hoje tem integrantes com mais idade e já não quebram mais instrumentos como era hábito no início. Isso não quer dizer, no entanto, falta de energia: Pete Townshend e Roger Daltrey, com 72 anos e 73 respectivamente, entregaram um show eletrizante, mantendo o mesmo ritmo até os últimos acordes. O vocalista Roger Daltrey continua apresentando uma voz poderosa e Pete Townshend demonstra experiência na guitarra e um estilo autêntico, impressionando a todos os fãs. Substituindo os outros membros originais, Keith Moon e John Entwistle, tocaram o baixista Jon Button e o baterista Zak Starkey, filho do beatle Ringo Starr.



Intenso e emocionante, show da banda The Who em Porto Alegre foi um dos mais marcantes da cidade e, segundo o produtor, um dos melhores shows da banda nos últimos 10 anos. Não dá para saber se é verdade, mas o fato é que a banda apresentou uma energia única, um carisma contagiante e uma performance impecável. Foi uma noite inesquecível e só posso agradecer pela oportunidade de assistir esse show histórico.

Postagens relacionadas

0 comentários

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun