Book Club: Por Lugares Incríveis

sábado, 27 de fevereiro de 2016



Não costumo ler muitos livros Young Adult e não tinha grandes expectativas para Por Lugares Incríveis - achava que seria apenas um livro em que os personagens fossem viajar por lugares especiais, mas não mais que isso. Entretanto, esses lugares se tornam especiais por conta dos próprios personagens, e acompanhar os diversos sentimentos de cada um deles é uma experiência incrivelmente boa. O contexto já é entregue na sinopse: dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver.



Theodore Finch é um garoto problemático que, quando ele mesmo estava na Torre do Sino da escola pensando em se suicidar, salva a vida de uma adorável garota que tinha o mesmo objetivo: Violet Markey. Enquanto Finch tinha problemas com a família, constantemente 'desaparecia' sem ninguém se importar e era considerado uma aberração por boa parte da escola, Violet Markey era uma garota comum de vários amigos, mas tudo mudou quando perdeu sua irmã em um acidente de carro. A partir desse acontecimento na escola, os dois procuram lidar com os próprios traumas ao mesmo tempo em fazem um simples trabalho escolar se tornar uma grande amizade, quando decidem visitar lugares incríveis em Indiana.

Com uma linguagem coloquial e divertida, Por Lugares Incríveis segue duas linhas que a princípio são bem diferentes, mas se tratam da mesma realidade. Por um lado, o livro está repleto de passagens inspiradoras, diálogos engraçados e coisas boas acontecendo a partir da relação entre os personagens, fazendo com que o leitor torça pelos dois e simpatize tanto com a doce Violet quanto com o inconstante Finch, que apesar dos problemas, parece ser um bom menino. Entretanto, Por Lugares Incríveis lembra constantemente que a vida não é perfeita, que cada um tem seus problemas e suas formas de lidar com eles, mas não podemos de modo algum ignorá-los. A história é agradável de ler e no geral provoca bons sentimentos, mas ficamos apreensivos na medida em que o final do livro se aproxima.



O livro é narrado em primeira pessoa - intercalando os pontos de vista de Violet e Finch - e, além de a leitura fluir bem, ficamos amigos dos personagens, como ocorre em As Vantagens de Ser Invisível e O Apanhador no Campo de Centeio. Assim como as duas obras citadas, Por Lugares Incríveis retrata temas comuns da adolescência ao mesmo tempo que aborda um assunto bastante delicado: suicídio. Me sinto até culpada em afirmar que Finch sofria de 'transtorno bipolar' porque o próprio personagem posiciona-se contra rótulos, vez que pessoas são mais que mais que um conjunto de sintomas. Por outro lado, o livro elucida a importância de tratarmos transtornos mentais como depressão e bipolaridade como o que realmente são, doenças. Ninguém contesta que alguém está com febre, mas todos ignoram ou tentam mascarar a depressão.

Por Lugares Incríveis é uma leitura deliciosa, que ora foca em momentos perfeitos e sentimentos intensos, ora foca em sentimentos igualmente fortes, mas não tão bons. É um livro que fala sobre dor, sofrimento, depressão e perda, mas também aborda amizade, amor, aceitação e vida. É um livro que nos diverte, mas também nos faz refletir sobre as pessoas que temos ao nosso lado e sobre a melhor forma de melhorar não apenas as nossas vidas, mas das pessoas que amamos.

Ronnie | Wanila | Cecilia | Amanda | Isadora

Junte-se ao Book Club no Facebook e participe do projeto!

Postagens relacionadas

10 comentários

  1. É muito importante a gente ter consciência das doenças psicológicas e não tentar diminuir/ignorar essas coisas. Acho que o livro ajuda um pouco nesse aspecto também, além da história em si ser bem bacana!

    Com Amor, Isa

    ResponderExcluir
  2. não conhecia e parece ser um otimo livro, gostoso e leve.
    beijos ;*
    arisecondo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Como eu disse no facebook, estou com vontade de ler esse livro e não é de agora..
    Fico encantada só com os quotes que eu encontro rs

    ResponderExcluir
  4. Eu também amei esse livro, achei fantástica a maneira que a autora construiu o relacionamento dos personagens principais e a maneira como isso se desenrolou na história. Foi um livro que mexeu comigo. Com certeza, uma ótima indicação do Book Club!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  5. Fiquei louca pra ler, pareceu uma leitura contagiante
    Beijos da Vaca ♡

    http://vacasmagras.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei da sua resenha e concordo! Achei interessante que os dois livros que você citou que achou parecidos, são livros que eu detestei e esse eu amei! hahaha

    ResponderExcluir
  7. Já li umas duas resenhas sobre esse livro e fiquei com muita vontade de ler, tanto pela capa quanto pela história mesmo. Achei interessante :)
    Beijos! =**

    ResponderExcluir
  8. Fico muito feliz que você tenha gostado tanto assim do livro, principalmente porque ele parece ter feito você sair um pouquinho da sua zona de conforto. Eu amei Por Lugares Incríveis, de verdade, e está entre os meus livros preferidos.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Parei nessa parte aprensiva do livro.... E não conseguir seguir adiante procurando leituras mais leves. Retornarei a leitura no segundo semestre do ano.
    BJOS

    ResponderExcluir
  10. Li esse livro ano passado e amei de todo o coração, me identifiquei com os personagens várias vezes. E o final foi desolador.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir

Comente com o Facebook:

Newsletter

Inscreva-se na newsletter do bloguinho! ♥
* indicates required



Projetos do blog



I'll follow the Sun