Guia dos Museus do Vaticano - Ingressos, dicas e o que ver


sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Os Museus do Vaticano são um conglomerado de pequenos museus conglomerados nos antigos aposentos do palácios que pertenciam aos papas de outras épocas, fundado em 1506 pelo Papa Júlio II. Chamá-lo de um dos mais fascinantes de todos os tempos não é exagero: os Museus do Vaticano reúnem uma extensa coleção de arte seculares, algumas dentre as quais as mais importantes da humanidade.

Dicas Museus do Vaticano Dicas Museus do Vaticano

Não é apenas arte sacra que se encontra nos Museus do Vaticano. Algumas peças remontam do Antigo Egito e outras civilizações antigas, outras associam-se aos mitos gregos e os deuses da Roma Antiga, e outras foram produzidas nas eras de ouro da arte, durante o renascimento, pelos melhores artistas da história. Confira algumas dicas e informações sobre a visita aos Museus do Vaticano, bem como

Ingressos para os Museus do Vaticano


Os ingressos para os Museus do Vaticano custam XX e incluem também a entrada na Capela Sistina. Comprando pela Internet, o valor sai um pouco mais caro, mas vale muito à pena: as filas são gigantescas e demoram mais de uma hora, já comprando pela internet é possível ir direto para a entrada. No último domingo de cada mês, entrando até às 12h30 o ingresso é grátis, e os museus também são gratuitos no dia do turismo (27 de setembro).

Dicas Museus do Vaticano Dicas Museus do Vaticano


Compramos o ingresso no Site Oficial com audio-guia e vale muito à pena, porque são muitas obras importantes e o passeio fica bem mais completo quando se sabe o contexto histórico ou significado de determinada obra de arte. Também é possível alugar o audio-guia no balcão que fica passando a bilheteria e subindo a escada rolante, por 7 euros. Aproveite para pegar um mapa.

Dicas e orientações gerais


1. Compre o ingresso antecipado para evitar filas. Caso resolva encarar as filas, tente ir no horário da abertura, às 09h, ou no horário do almoço.
2. Vista-se conforme às regras da Igreja. No Vaticano, não é permitido o uso de bermudas, minissaias, chapéus, nem blusas sem mangas.
3. Fique atento às obras assinaladas com a placa com o número 100, são as mais importantes dos Museus do Vaticano.
4. Pouco depois da entrada, são apresentados dois caminhos. Faça o mais longo, pois assim, verá as Salas de Rafael.
5. Não se esqueça que é proibido tirar fotos na Capela Sistina.

Dicas Museus do Vaticano Dicas Museus do Vaticano

O que ver nos Museus do Vaticano

O passeio pelos Museus do Vaticano leva cerca de quatro horas para ser feito, mas pode ser mais demorado dependendo do seu interesse por arte. Como já referido, são dois percursos que levam até a Capela Sistina, mas recomendo seguir o longo porque é muito mais completo e por causa das Salas de Rafael, onde fica uma das minhas obras preferidas (Escola de Atenas).

Dicas Museus do Vaticano Dicas Museus do Vaticano

Os Museus do Vaticano são compostos por 54 galerias, então é muita coisa para ver e muitas obras impressionantes 'perdidas' entre tantas outras. As principais galerias são: Museu Pio Clementino, Museu Gregoriano Etrusco, Museu Gregoriano Egípcio, Pátio da Pinha, Museu Chiaramonti, Braccio Nuovo, Galeria dos Candelabros, Galeria das Tapeçarias, Galeria dos Mapas, Aposentos de São Pio V, Sala Imaculada Conceição, Salas de Rafael, Apartamentos Borgia e, claro, a Capela Sistina. Utilizamos o mapa que pegamos no balcão de informações e nosso audioguia para saber das obras, sempre focando naquelas que nos chamavam atenção e nas que estão entre as 100 mais importantes. Esses são os momentos que eu mais gostei:

1. Visitar o Museu Egípcio e ver uma múmia de verdade
2. Ver a estátua Laocoonte e de seus filhos
3.Visitar a incrível Galeria dos Mapas
4. Prestar atenção nos detalhes da arquitetura e dos afrescos no teto
5. Ver ao vivo a obra Escola de Atenas, na qual Rafael Sanzio representou Platão apontando para o céu e Aristóteles apontando para o chão
6. Conhecer centenas de obras renascentistas e me apaixonar por cada uma delas
7. Entrar na grandiosa Capela Sistina, ver o quadro A Criação e ficar vários minutos admirando e refletindo sobre O Juízo Final, ambos de Michelângelo.

Dicas Museus do Vaticano Dicas Museus do Vaticano

Depois de visitar os Museus do Vaticano, finalmente fomos conhecer a belíssima Piazza di San Pietro e, apesar de não ter conseguido subir na cúpula por causa do horário, mais emoções nos aguardavam na Basílica de San Pietro. Mas isso é tema para um outro post. Espero que tenham gostado e que este guia tenha ajudado a preparar uma visita aos Museus do Vaticano!

Postagens Relacionadas

0 comentários